11 4544-1333 | 11 4544-1614
mega_brasil@wmegabrasil.com.br

PRODUTOS

LINHA DE MASSA LONGA

  • NOSSA TECNOLOGIA











       A Linha de Massa Longa E.I.S (Ecological Inteligent System) representa o ponto mais alto na evolução dos equipamento de espaguete. Esse projeto foi desenvolvido para obter uma otimização considerável no que diz respeito a custos operacionais, espaço, consumo energético e de manutenção, com tempo de secagem de até 3 horas. A produção do Equipamento pode variar de 1000 até 6500 kg/hora com uma redução de espaço e consumo energético em relação ao equipamento anterior de até 40%.

    VANTAGENS

    Melhor obtenção de cozimento
    Melhor cor da massa
    Maior numero de formatos possíveis
    Melhor rendimento energético
    Redução dos tempos de processo
    Facilidade de controle e reparo do maquinário
    Maior duração do maquinário
    Menor espaço requerido

    DIMENSÕES E PRODUÇÃO

    Produção 1000 a 6500 kg/hora                       
    30 Até 70 metros        
    Altura de 3000 a 8000
    Largura 4,5 metros


    Produto devidamente cadastrado no FINAME sob o nº 1098519.





    VANTAGEM TECNOLÓGICA

    O novo projeto (E.I.S.) Ecological Intelligent Sistem começou a ser desenvolvido no ano de 2014 pela MEGA BRASIL, que contribuiu com seu corpo técnico e diversas viagens a Itália para consolidar o novo sistema e conceito na produção de massas. Este projeto contou ainda com a participação da Universidade de Napoli, que desenvolveu um modelo matemático para uma melhor secagem de massas.  

    Este novo projeto está baseado em cinco pilares:



    Responsabilidade no consumo de recursos naturais
    Redução de materiais aplicados na linha produtiva
    Redução dos espaços ocupados
    Qualidade do produto final
    Segurança operacional

    Essa nova tecnologia produtiva conseguiu redução do consumo energético dos equipamentos para produção de massas da ordem de 44% de energia elétrica e 36% menos consumo de energia térmica. Poupando assim de forma contínua em sua operação o uso de recursos naturais e minerais, utilizados em geração de energia térmica e também nos lubrificantes. Não podemos desconsiderar que em virtude desse menor consumo, o dimensionamento de utilidade que dão suporte produtivo como cabines elétricas (quadros e transformadores), aquecedores e caldeiras terão também um MENOR dimensionamento e com isso menos material empregado em sua construção. Desenvolvemos um novo conceito de secagem de massas, desta forma o equipamento ficou 25% menor em relação a tecnologia utilizada anteriormente, reduzindo com isso grande quantidade de inox, ferro e outros materiais (isolantes térmicos, fios, cabos e outros componentes) deixaram de ser empregados na fabricação das linhas de massas. Com a redução dos equipamentos também as estruturas físicas das unidades fabrís serão reduzidas com um menor emprego de materiais construtivos e utilização de menores espaços para implantação das linhas de massas. Fruto do comprometimento da equipe de engenheiros e de nosso pessoal do laboratório de desenvolvimento e pesquisa que através de testes e cálculos e de vários ensaios laboratoriais, concluíram que a secagem de massas ESPAÇADAS teria maior eficiência em relação a secagem de massa ADENSADA, levando em consideração a tecnologia de prensagem de massa em cabeçotes aquecidos e também das novas variedades de trigo, que com maior P/L (Extensibilidade x Tenacidade) passou a suportar uma maior carga de ventilação e desidratação sem despontamento em máquina.  Esses dados podem ser confrontados no gráfico acima, onde observa-se que o tempo de secagem no encartamento foi reduzido de 1h18mim para 20min e o tempo total de 6 horas reduzido para 3 horas, diminuindo em 50% o tempo total de secagem.
        O principal objetivo de nossa empresa é a fabricação de linhas capazes de obterem produtos com o mais alto padrão de qualidade, com a implementação do E. I. S., as massas tiveram um aumento significativo de qualidade, pois com a redução do tempo de secagem e um maior tempo de estabilização, fruto do novo conceito, obtém-se massas com uma melhor tonalidade, pois o menor tempo de exposição de massa úmida no processo não deixa com que a farinha oxide e escureça, ao mesmo tempo que um maior tempo de estabilização evita que a massa retenha umidade indesejada e venha a trincar ou canear, obtendo um fio de massa muito mais estável e de qualidade superior. O fato de um maior espaçamento no encartamento possibilitou uma melhor extração de umidade, com temperaturas um pouco menor que as aplicadas nas linhas das gerações anteriores o que trouxe maior segurança ao processo, reduzindo o risco de Maillard o que seria a caramelizacão dos açucares em função de temperatura durante o processo de secagem das massas. No campo do controle e acompanhamento do processo produtivo, foi implementado novo software que possibilita acompanhamento por zonas onde as sondas de controle de pressão, temperatura e umidade foram substituídas por sondas eletrônicas que além de atuarem com uma maior precisão para controle do processo, acabam também contribuindo para economia das energias elétricas ( no acionamento das baterias de ventiladores de circulação de ar) e também da energia térmica, com uma menor demanda dos aquecedores e com isso uma menor queima de materiais de combustão. Vários processos que antes demandavam presença física dos operadores foram embarcados ao sistema, diminuindo a margem de erro e proporcionando maior comodidade aos mesmos quen diante de uma tela monitoram todo o processo produtivo das massas sem deslocamento e tráfego por escadas e passagens pela máquina, com isso também diminuiu o risco de algum acidente operacional. A máquina é automatizada e gerenciada através de PLC com um sistema de supervisão. São previstas as seguintes funções: Partidas e paradas automáticas de todos os motores. Programação e visualização dos parâmetros climáticos de cada ponto com a possibilidade de analisar o Loop de ajuste e a intervenção dos parâmetros específicos em cada ponto da máquina. Gerenciamento das trocas de formatos de forma automática e dinâmica, respeitando a posição do produto no interior do processo de secagem. Gerenciamento das receitas de produção para cada formato. Visualização das mensagens de alarme e individualização clara do problema. Gerenciamento do histórico com a possibilidade da análise das próprias mensagens. Sistema inteligente para gerenciamento da transferência de umidade nos vários locais do secador. Visualização dos parâmetros em tempo real e das variáveis controladas do processo. Visualização e gerenciamento das mensagens de manutenção a curto e a longo prazo. Relatório dos parâmetros do processo com indicação da produção para cada formato. Tempo e informações da eficiência da máquina. Tele-assistência via modem integrada. Com a aplicação de altíssimas temperaturas e elevadas umidades ambientais desde do início do processo de secagem, faz com que se obtenha uma esterilização quase que total. Os extermínios em 2 minutos dos estafilococos impedem a formação de enterotoxinas muito perigosas ao organismo humano.