11 4544-1333 | 11 4544-1614
mega_brasil@wmegabrasil.com.br

PRODUTOS

LINHA DE MASSA NINHO

  • Automação

    A máquina é automatizada e gerenciada através de PLC com um sistema de supervisão. São previstas as seguintes funções : Partidas e paradas automáticas de todos os motores. Programação e visualização dos parâmetros climáticos de cada ponto com a possibilidade de analisar o Loop de ajuste e a intervenção dos parâmetros específicos em cada ponto da máquina. Gerenciamento das trocas de formatos de forma automática e dinâmica, respeitando a posição do produto no interior do processo de secagem. Gerenciamento das receitas de produção para cada formato. Visualização das mensagens de alarme e individualização clara do problema. Gerenciamento do histórico com a possibilidade da análise das próprias mensagens. Sistema inteligente para gerenciamento das transferência de umidade nos vários locais do secador. Visualização dos parâmetros em tempo real e das varíáveis controladas do processo. Visualização e gerenciamento das mensagens de manutenção a curto e a longo prazo. Relatório dos parâmetros do processo com indicação da produção para cada formato. Tempo e informações da eficiência da máquina. Tele-assistência via modem integrada.


  • Esterilização

    Com aplicação das elevadas temperaturas e umidades ambientais no fim das primeiras fases do processo de secagem se obtém uma esterilização total, com o extermínio dos stalifococos, salmonela seftenberg, enterocochi, micrococchi, lattobacili, e a parcial eliminação dos corineiformi e difteroidi, espécie não muito difundida. O alcance de temperaturas acima de 85ºC final desde o início permite a eliminação dos stafilococos, impedindo a formação de enterotoxins, extremamente perigosos para o organismo humano, os quais, uma vez desenvolvidos, não podem ser destruídos mesmo as mais extremas condições de secagem.

  • Nossa Tecnologia

    Conjunto automático para produção de massa tipo ninho (capellini, tagliatelle, entre outros), modelo Ecological Intelligent System, podendo ser composto de: Quadro Elétrico de Comando Geral, Prensa Automática Contínua, Rolos Laminadores, Rolos Cortadores, Ninhadeira, Encartamento, Secador Contínuo, Transportador Contínuo com Taliscas, Refrigerador, Acúmulo, Transportador Automático Alimentador da Empacotadeira, Empacotadeira MEGAPAC.

    Produção podendo variar de 600kg/h a 1.200kg/h

    Potência instalada: 217kw-288,0cv

    Largura = 7,0m

    Altura = 7,70m

    Comprimento = 82,0m

    Peso do equipamento = 101,00tons

    Estes valores que podem variar de acordo com a capacidade de produção.

    O E.I.S. (Ecological Intelligent System), uma evolução do T.A.S.(Thermo Active System), é o resultado das experiências feitas pelo centro de pesquisas da Pavan. Atua sobre bases científicas do tradicional método de secagem italiano, onde o produto vinha exposto de maneira empírica em fases alternadas de secagem e estabilização. Este método é agora experimentalmente confirmado, e o fenômeno que se obtém foi completamente entendido. No secador, o produto passa através fases alternadas de secagem e estabilização ativa e rigorosamente controlado por condições termo-higrométricas. Os tratamentos térmicos podem ser interrompidos ou prolongados de acordo com a escolha. Isto permite uma maior variedade de formatos do produto e uma redução dos tempos do processo. *Produto devidamente cadastrado no FINAME sob o nº 3012699.



  • Versatilidade

    A máquina oferece ampla flexibilidade na aplicação de vários diagramas de secagem.

    A máquina é projetada para atender à tecnologia de secagem ligadas ao modelo matemático desenvolvido na Universidade de Napoli – Itália. O desenvolvimento do modelo matemático e da máquina levou em consideração a difusão da matéria a condução térmica, a elasticidade, o calor específico e outras características estruturais transformando tudo em equação cinéticas. O macarrão passa de forma alternada em repetidas fases de secagem em altíssima temperatura seguidas de iguais fases de acentuada estabilização até obter uma reidratação.

    O produto permanece plástico e poroso favorecendo a migração das moléculas de água através da estrutura da massa encurtando os tempos de processo, obtendo assim uma homogênea estabilização à quente.

    A flexibilidade dos diagramas de secagem, seja como temperaturas e de tempos de aplicação permitem o controle da reação de Maillard melhorando a paridade de matéria prima utilizada, a cor e a resistência no cozimento final.



  • Quadro Elético de Comando Geral

    É responsável pelo acionamento dos motores e proteção de circuitos elétricos, executando os comandos elétricos necessários através de sistema automatizado P.L.C.

  • Prensa Automática Contínua

    As matérias primas são pré-misturadas por poucos segundos em uma centrífuga. A elevada velocidade do processo e o efeito de centrifugação, unidos a pulverização do líquido de empasto asseguram uma perfeita homogeneização, com a eliminação dos pontos brancos e dos estresses mecânicos no produto e garantem a cada parcela de composto farináceo a justa quantidade de líquido. O vácuo total do misturador evita a oxidação dos pigmentos melhorando a cor, e bloqueia o desenvolvimento da flora aeróbica bacteriana, assegurando a higienização. O misturador, com o seu lento trabalho, permite a correta formação do glúten sem danificações. A grande superfície de descarga da trafila consente uma extrusão do produto a uma velocidade e temperaturas muito contidas, de maneira a evitar os estresses mecânicos e térmicos ao glúten. A ergonomia da máquina favorece todas as operações de uso e manutenção.



  • Rolos Laminadores

    Responsável pela laminação do produto na espessura ideal, após sair da Prensa Automática, e enviar para o Rolo Cortador.

  • ROLO CORTADOR

    Tem a função de corte do produto e o envio para a Ninhadeira.

  • NINHADEIRA

    Onde o produto é formado em ninhos através de copos de acrílico e injeção de ar, caindo em contenedores que seguirão para o Encartamento.



  • ENCARTAMENTO

    A tecnologia do Encartamento Mega Brasil, responsável pelo pré-aquecimento do produto baixando sua umidade até 12,5%, possibilita altas temperaturas em tempos muito curtos que assegura o bloqueio da atividade enzimática e do desenvolvimento da flora bacteriana. Se obtém assim a exaltação da cor e um melhoramento final do cozimento. Ultrapassar a marca dos 84ºC quando a umidade do produto está abaixo de 20% evita qualquer perigo de gelatinização dos amidos. Em seguida o produto é enviado ao Secador Contínuo.



  • SECADOR CONTÍNUO

    Após sair do encartamento com baixa umidade, o Secador Contínuo recebe o produto para estabilizar a umidade. É construído de pisos separados por painéis térmicos criando ambientes de temperaturas diferenciados.



  • TRANSPORTADOR CONTÍNUO COM TALISCAS

    Tem como objetivo o transporte do produto após sair do Secador Contínuo até o Refrigerador.



  • REFRIGERADOR

    O uso de trocadores permite um ótimo controle termo-higrométrico, e um produto estabilizado, resfriado de maneira homogênea e pronto para o empacotamento. Contém um umidificador que a sua ação favorece uma redistribuição da umidade residual no interior da massa, eliminando as tensões residuais.



  • ACÚMULO

    Devido a estabilidade do produto na saída do resfriador, o acúmulo não necessita de algum condicionamento e resume a simples função de estocagem noturna de produto acabado para posterior embalagem. As fases de carregamento e descarregamento se desenvolvem com sequência lógica automática programável do operador.



  • TRANSPORTADOR AUTÓMÁTICO ALIMENTADOR EMPACOTADEIRA

    Encarregado de fazer o transporte do produto até as empacotadeiras.



  • EMPACOTADEIRA MEGAPAC

    Responsável por pesar, embalar e datar a embalagem do produto.

    .